Arte Brasil - Um Olhar arrecada mais de 30 mil reais em vendas para artesãos

A primeira edição do projeto Arte Brasil - Um Olhar, no estado de Minas Gerais, já reverteu mais de 30 mil reais para os artesãos e artistas selecionados que disseminam a cultura popular brasileira em regiões de vulnerabilidade social. Antônio, Juliana e Vicentina Julião, Elisa Pena, Guto e Tiago Carassa, Rhayani Paschoalim são os protagonistas. Para os diretores da Casa Tendenza Galleria, Lisi Wendel e Tales Morigi, empreender nessa iniciativa é um sonho de transformar a realidade de sobrevivência desses artesãos em um novo olhar para a arte.  

“O artista precisa ser livre, só assim está sendo verdadeiro e está conseguindo transmitir o que tem dentro dele. O seu valor, amor próprio e autoestima moram aí”, comenta Lisi. Nesse roteiro, Lisi e Tales compartilharam muito mais do que histórias, mas emoções e desejos. “Vou confessar uma coisa, quando vocês chegaram aqui e começaram a falar, eu fiquei desconfiada. Era bom demais pra ser verdade, vocês nos trataram com tanto respeito ao nosso trabalho. Hoje eu percebo que vocês são pessoas maravilhosas e raras. É muito bom saber que Deus colocou vocês no nosso caminho para serem nossos grandes amigos. Obrigada por não terem desistido na primeira curva da estradinha ruim que trouxeram vocês até aqui e que vocês continuem esse trabalho lindo indo cada vez mais longe e mostrando aos artesãos como vocês nos mostraram o nosso valor”, ressalta Juliana, artesã e filha da Vicentina Julião.